Logo Crypto News Br
Pesquisar
Close this search box.

Efeito ETF: A Coinbase ultrapassará a Binance como a maior bolsa de Bitcoin?

Divisor Crypto News Br
Efeito ETF: A Coinbase ultrapassará a Binance como a maior bolsa de Bitcoin?
O que você vai ler:

O recente lançamento de ETFs de bitcoin à vista nos Estados Unidos gerou uma nova posição competitiva entre as principais bolsas de criptomoedas.

Nessa corrida, a Coinbase, a maior bolsa de criptomoedas listada sob o ticker COIN, emergiu como um ator-chave tornando-se o custodiante preferencial de 8 dos 11 ETFs emitidos.

As empresas que escolheram a Coinbase são Bitwise, Ark Invest, WisdomTree, Invesco, Valkyrie, BlackRock, Franklin Templeton e Grayscale. Apenas Fidelity, VanEck e Hashdex escolheram outros custodiantes para salvaguardar seus BTC.

Lista de ETFs spot de bitcoin com seus respectivos custodiantes. Fonte: Bloomberg.

Este suporte poderia mudar o cenário atual do ecossistema e levanta a questão: a Coinbase conseguirá ultrapassar a Binance como a maior bolsa de bitcoins e criptomoedas?

A Coinbase, ao assumir a liderança como custodiante da maioria dos ETFs à vista BTC, “pode ter uma influência maior na dinâmica do mercado”, se destaca o analista Mandela Amoussou.

Na sua opinião, isso tornaria a bolsa um potencial “ator-chave na definição dos padrões e práticas da indústria relacionados à custódia de criptomoedas”.

Além disso, o especialista considera que a Coinbase poderá ter um maior impulso devido à sua expansão noutros países onde cumpre requisitos regulamentares, como Espanha, Itália e França.

“A forte presença europeia da Coinbase apresenta uma oportunidade fácil de aproveitar as vantagens da Lei de Mercados de Criptoativos (MiCA)”, observa Amoussou. Este regulamento da União Europeia oferece um quadro regulamentar comum para o ecossistema Bitcoin que opera nos 27 países que compõem o bloco regional.

Com base nisso, Coinbase está emergindo como a plataforma líder para troca de criptomoedas em 2024segundo o analista.

Coinbase ganha força antes do lançamento de ETFs

Por enquanto, é notável que a Coinbase Prime, plataforma responsável pelos investimentos institucionais da exchange, tenha passado de uma receita de centenas de milhões por mês no ano passado para bilhões em poucos dias em 2024. Sem ir mais longe, apenas no últimos sete dias, teve entradas de US$ 5,7 bilhões em bitcoin.

As entradas registadas na última semana superam as da Binance, que foi de 4,2 mil milhões de dólares, de acordo com Dados da empresa de análise Arkham Intelligence fornecidos pelo analista Liam ‘Akiba’ Wright. Isso foi impulsionado por múltiplos depósitos, como pode ser visto na imagem abaixo.

Além disso, deve-se levar em conta que, conforme relatado pela CriptoNoticias, segundo dados da Arkham Intelligence, a Coinbase possui quase um milhão de bitcoins de seus usuários. Isso a torna a entidade com maior participação na moeda no mundo, logo depois de Satoshi Nakamoto, pseudônimo pelo qual o criador do Bitcoin é conhecido.

Este é um exemplo do que a Coinbase começou a abranger todo o espectro de negociação e custódia de grandes volumes de bitcoin. Essa troca, ao contrário da Binance, que se concentra em oferecer negociação de BTC e criptomoedas para varejistastambém se destina a investidores institucionais.

Outro fator que sugere maior relevância para a Coinbase pode ser observado no indicador delta de volume acumulado (CVD). Isto acompanha a diferença entre os volumes de compra e venda ao longo do tempo, para medir as pressões de alta ou baixa no mercado.

De acordo com um relatório da empresa de análise Kaiko, CVD da Coinbase, manteve-se positivo após o lançamento dos ETFs nas bolsas de valores americanas. Isso significa que a bolsa registrou entradas de capital, em meio à enorme realização de lucros que empurrou o preço do bitcoin para trás, como mostra o gráfico a seguir.

Em vez disso, como mostra o gráfico abaixo, o CVD da Binance caiu para níveis negativos quando os ETFs chegaram ao mercado, bem como outras bolsas. Conforme noticiou a CriptoNoticias, isso ocorreu porque ocorreu um cenário de “venda de notícias”. Este conceito refere-se à aquisição de um ativo antes que ocorra algum evento positivo esperado e à sua venda para realizar lucros quando esse evento ocorrer, mesmo que seja benéfico.

O Delta de Volume Cumulativo da Coinbase (CVD) permaneceu positivo após a chegada dos ETFs de bitcoin na bolsa. Fonte: Kaiko.

Binance não atua em ETFs, mas domina participação de mercado

Por enquanto, a Binance não perdeu seu poder devido à ameaça da Coinbase e ao seu destaque graças aos ETFs. De acordo com dados do explorador The Block, a quota de mercado desta bolsa continua a ser maior que a das restantes plataformas, embora registou uma queda de 62,2%, o seu máximo histórico há quase um ano, para 36,9%. Isto representa uma diminuição de quase metade da quota que geria, como se pode ver abaixo.

Participação de mercado das bolsas. Fonte: O Bloco.

Enquanto isso, a participação de mercado da Coinbase manteve-se praticamente estável nos últimos doze meses, passando de 6,9% para 6,6%, como pode ser visto no gráfico. Esse percentual a deixa em quinto lugar, atrás da Upbit, que passou de 9,2 para 8,8%, da OKX de 4,8% para 7,9% e da Bybit de 1,4% para 7,2%.

Se a Binance continuar perdendo participação de mercado, pode ser que essas plataformas cresçam ainda mais. Nesse sentido, a Coinbase não compete apenas com ela, mas também com as demais plataformas citadas, que possuem participações semelhantes. Será preciso perceber se a sua posição como principal custodiante dos novos ETFs lhe permite alcançar um diferencial neste cenário ao atrair mais investidores.

Binance perdeu participação de mercado devido a ações judiciais de reguladores

A perda significativa de participação de mercado da Binance ocorreu em meio a desafios legais contínuos. A empresa enfrenta vários processos judiciais nos Estados Unidos por parte de autoridades reguladoras.

No final de 2023, Changpeng Zhao, até então CEO da Binance, renunciou ao cargo e se declarou culpado de acusações criminais e concordou em pagar uma multa de US$ 4,3 bilhões. Isto aborda as acusações de administrar um negócio de transferência de dinheiro sem licença, de não cumprir os regulamentos contra a lavagem de dinheiro e de enganar os investidores.

Essas ações legais levantar questões sobre a estabilidade de longo prazo da Binanceapesar de ser atualmente o principal mercado de criptomoedas do mundo.

Por outro lado, a Coinbase ainda enfrenta problemas com a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC). Ele o acusa de operar uma bolsa de valores ilegal e de não registrar a oferta e venda de seu programa de participação como serviço de criptomoeda, conforme noticiado pela CriptoNoticias.

Embora a Coinbase tenha suas brigas legais, por enquanto mostra a capacidade de atrair e reter investidores institucionais através de ETFs, o que poderia traduzir-se num aumento substancial do volume de negociação e da liquidez na sua plataforma.

Concluindo, o impacto dos ETFs de bitcoin não apenas redefine a competição entre Coinbase e Binance, mas também esclarece a crescente influência das bolsas no cenário financeiro global.

Fonte

Acompanhe o mercado hoje

bitcoin
bitcoin

Bitcoin (BTC)

Price
$ 65,096.00
ethereum
ethereum

Ethereum (ETH)

Price
$ 3,499.62
cardano

Cardano (ADA)

$ 0.779741
dogecoin

Dogecoin (DOGE)

$ 0.161363
polkadot

Polkadot (DOT)

$ 9.90
chainlink

Chainlink (LINK)

$ 20.40

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Controle Sua Privacidade

Nosso site usa cookies para melhorar a navegação. Ao continuar navegando neste site você concorda com os nossos termos abaixo:

Políticas de privacidadeTermos de uso